Estudo sobre a CF 2018

Fraternidade e superação da Violência

“Vós sois todos Irmãos”. Mt 23,8

        Aconteceu neste ultimo sábado (27.01) o Encontro Diocesano da CF 2018. Com a assessoria de Lucia Roque, atual responsável pela animação de Campanhas da Diocese.

       Se fizeram presentes 19 Paróquias, com o total de 91 Participantes. Dentre estes, Padres, Diáconos, Religiosas, Leigos e Leigas, enfim,  lideranças de nossas Comunidades que em muito contribuirão para a animação da CF.

        Utilizando o método Ver, Julgar e Agir foi possível contemplar todo o apelo da Campanha e  também o trabalho das Pastorais Sociais da nossa Diocese (Pastoral da Sobriedade e CPT). Foi um momento bastante rico de partilha e experiência para vermos o quadro atual de atuação dessas Pastorais e o alcance delas na superação da violência. Ficou bastante evidente também os desafios, alegrias, avanços e recuos do trabalho Pastoral.

       Outro momento muito importante do encontro foi o testemunho do jovem Wanderson Mendes que disse ter superado a Violência sofrida graças ao apoio da Pastoral da Sobriedade/Fazenda da Esperança.

      Com a fala da CPT , através do agente Lindomar Neres, percebemos o quanto é gritante o conflito no campo em nossa Diocese, não só por terra, mas por água também. São grandes os desafios para a superação dessa violência.

          Assim como nos orienta a CF 2018 ficou como proposta do nosso agir Pastoral a partir desta Campanha o fortalecimento das Pastorais Sociais ( Pastoral da Sobriedade, da Criança, Carcerária, CPT) já existentes em nossa Diocese e adesão também as boas iniciativas que já existem em nossa Sociedade ( Conselhos Paritários, Ongs, Comissão Justiça e Paz…).

         Enfim, Igreja e Sociedade apontando caminhos possíveis para a superação da violência e para a construção da Cultura da Paz. Juntos por um Sociedade reconciliada e de paz!

Lúcia Roque

Coordenadora Diocesana de Campanhas 

 

galeria-fotogrfica-copia